segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Quase 3 anos...



Estava sumida... A correria do dia a dia me fez esquecer do blog.... Vou tentar voltar a postar alguma coisa....
Dia 30 de janeiro de 2017 irá fazer 3 anos que fiz a cirurgia.... Nesse tempo aprendi muita coisa.... Achei algo bem legal em outro blog e resolvi compartilhar aqui....

- Não existe “vitória sobre a obesidade”. -Ainda não desenvolveram nenhuma técnica a que o paciente se submeta e, ao término do tratamento, ele não tenha mais que se preocupar com a obesidade. Noto que a obesidade é um fantasma que me assombrará até o fim dos meus dias na terra;
– A cirurgia bariátrica é uma ferramenta fantástica para o controle da obesidade, mas está longe de ser a cura; o controle da alimentação e a prática de atividade física se fazem necessários para a manutenção dos resultados e, psicologicamente falando, tentaremos nos sabotar diariamente. Para evitar essa sabotagem ainda não existe técnica cirúrgica que resolva, infelizmente. É o clássico “a cirurgia foi no estômago, não na cabeça”.
– Após o período mágico em que se perde peso sem nenhum esforço denominado “lua de mel”, a obtenção de resultados depende do mesmo esforço que qualquer pessoa que não tenha se submetido à cirurgia precisa fazer;
– Independente do quanto eu me esforce, a quantas cirurgias plásticas eu me submeta, de quantos procedimentos estéticos eu faça, meu corpo jamais deixará de carregar as marcas da obesidade.
– Controlar a obesidade é um esforço diário e demanda muita energia, mas além de necessário, é muito gratificante e compensador.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Como lidar com as expectativas

Após fazer a cirurgia, o grande barato é o rápido emagrecimento. Você começa a sentir nas roupas o efeito da redução do estômago, mas nem sempre o espelho te ajuda a perceber o progresso. Apesar de a balança mostrar que tudo está indo como o planejado, como lidar com suas expectativas?

Muita gente chega a ficar obeso mórbido por descontar as frustrações na comida. Comigo foi assim, e com você, provavelmente, também.

Não sei vocês, mas minha vida antes de fazer a cirurgia, era uma montanha-russa de engorda-emagrece: primeiro, eu achava que tinha chegado ao ápice do peso; então, começa uma dieta em modo hard; algumas semanas depois, me pesava pra ver os resultados; a balança me mostrava resultados irrisórios; frustrada, eu descontava na comida e engordava mais quilos do que os que tinha perdido.

Nesse meio tempo, antidepressivos, tratamentos alternativos e vários tipos de remédios pra emagrecer faziam parte da minha rotina, tudo sem fazer um efeito significativo.

Mas e agora, que estou operada, onde vou descontar minhas frustrações? Como vou lidar com a expectativa de finalmente ficar magra?

O que aprendi é que temos que ter paciência. Você já parou pra pensar quanto tempo você demorou pra ficar gordo? Não foi da noite para o dia, foi? É, aqui também demorou um bocado de anos.

O que temos que ter em mente é que, em média, a cirurgia faz com que você emagreça por até 2 anos, então não adianta esperar um milagre. E mesmo que você considere as mudanças em sua vida um milagre, o melhor é continuar rezando pra esse santo milagreiro, ou seja, continuar controlando a alimentação, fazendo exercícios físicos regularmente e manter o compromisso que você fez consigo mesmo no dia de sua cirurgia.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Cirurgia bariátrica!

Você sabia que a cirurgia bariátrica já existe há 20 anos?
Que o Brasil é hoje o segundo País que mais realiza cirurgia bariátrica, atrás somente dos Estados Unidos.
E que em dez anos, a cirurgia bariátrica teve crescimento de 800% na rede pública, enquanto na rede particular o aumento foi de 300%. E mesmo assim, com 7 milhões de obesos o Brasil ainda opera pouco. (é bastante né?)

O Brasil ainda está também entre os Países com mais obesos mórbidos, junto dos Estados Unidos, México e alguns Países da Ásia. (isso é muito triste!)

Ao longo desses anos a cirurgia bariátrica foi se tornando cada vez mais segura, com novas técnicas como a videolaparoscopia, que é um método muito mais seguro. Eu operei por videolaparoscopia e foi muito tranquilo, comparando com minhas 2 cesarianas...

Embora o método mais utilizado e considerado o padrão ouro da cirurgia bariátrica seja o By Pass em Y de Roux, não existe uma técnica mais recomendada, é necessário que o médico analise cada caso para escolher a técnica.

Normalmente se emagrece de 40 a 50% dos casos. Eu emagreci 50% e super feliz e saudável! Mas, vamos lembrar que cada caso é um caso. Ninguém emagrece igual… Assim como ninguém engorda igual…

Vejo muito as pessoas falando: "ahhh fulano emagreceu 15 quilos no primeiro mês e eu emagreci só 11…" Vamos combinar né? Fulano engordou 10 quilos em 1 mês, você também? Ninguém engorda igual e ninguém emagrece igual… então nada de minhocas na cabeça!

Cada corpo é um corpo e reage diferente de acordo com as suas necessidades, por isso pra quem vai operar, nada de paranoias e ansiedade, isso só atrapalha todo o processo! 

Você sente fome?

Seguidamente vem pessoas e me fazem a mesma pergunta: você sente fome depois da cirurgia bariátrica?

Então, vamos lá, No começo eu não senti fome… nadinha! Até o oitavo mês eu não sentia fome, juro!! É bem comum sentirmos VONTADE de comer, de mastigar...

Depois do oitavo mês comecei a sentir uma fominha, se passo da hora de me alimentar, porque hoje me alimento de 2 em 2 horas. .. Por isso nunca passo desse tempo pra não sentir fome!

Aprendi também se vou comer com fome, eu acabo comendo rápido e passo mal… Por isso sempre tem que se alimentar nas horas certas e beeeem devagar… mas bem devagar meeeesmoooo!

E vale ressaltar também que essa fome é uma coisa muito besta tipo 4 bolachinhas passa… Nem se compara a fome que eu sentia antes da cirurgia bariátrica… Não chega nem aos pés…

Um fator muito importe foi que minha nutri ensinou a diferenciar fome, sede e vontade de comer… Antes da cirurgia bariátrica eu achava que tudo era fome e comia… Agora aprendi a diferença de todos… A separar até o vicio de comer… Já me peguei várias vezes pensando vou comer e lembro, mas eu operei, não estou com fome….

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Dieta da proteína ideal para pacientes bariátricos.

A proteína é essencial para a construção, a reconstrução e manutenção dos tecidos do corpo. Proteína tem propriedades curativas e é muito importante para o crescimento do músculo, cuidados da pele, cabelo e cuidados também. Todas essas coisas são importantes depois de uma cirurgia bariátrica, portanto, recomenda-se de ter abundância de alimentos ricos em proteínas para pacientes bariátricos. Ao selecionar alimentos ricos em proteínas, a pessoa também tem que ter cuidado que eles são baixo teor de gordura. Uma dieta cirurgia bariátrica é predominantemente dividido em três etapas.

Estágio I: Na primeira fase, as receitas para pacientes de cirurgia bariátrica só deve ser feito de alimentos sem açúcar, sopas claras, e uma dieta principalmente líquido. Também é importante para evitar a ingestão de cafeína de qualquer forma até que os médicos permitirem.Fase II: Nesta fase, consumir alimentos líquidos, alimentos como purê de comida para bebê, e sopas grossas. Evitar alimentos crus e não comer qualquer coisa que você vai ter que mastigar!Fase III: Nesta fase, comer alimentos macios e úmidos, caçarolas, evitar vegetais crus e frutas, e siga o mesmo para dois meses após a cirurgia.

Após os dois primeiros meses, o paciente deve recorrer a níveis normais alimentares de uma dieta equilibrada. Aqui estão alguns alimentos ricos em proteínas que são de baixo teor de gordura.

Peixes como atum, linguado, salmão, linguado e caranguejosCarnes magras e carnes brancas sem pele, peru e frangoDesnatados e baixo teor de gordura dos produtos lácteosOvos, legumes e feijões secos

Por isso, o melhor é dar a esses pacientes com frango e qualquer carne caldos, sopas saudáveis, e várias caçarolas arroz macio.

Certifique-se de adicionar pequenas porções de proteína em sua dieta diária. Não comer refeições pesadas, mas a abundância de realizar os exercícios propostos. A cirurgia bariátrica é um sinal de boas-vindas para você se juntar ao clube saudável e este artigo sobre receitas de proteína de alta para os pacientes bariátricos está lá para ajudá-lo a tomar seus primeiros passos em direção a sua meta. Fique em forma!

Oração para uma cirurgia Feliz!

SENHOR estou diante de TI e peço em oração que estejais comigo na hora da minha cirurgia.

Estou muito confiante senhor, esta é uma hora de alegria, com certeza sera a realização de um grande sonho, mas também um momento de preocupação.

Lhe peço PAI, faça que eu fique calma, que não haja imprevistos e nem complicações.

Que a minha satisfação em ser operada seja maior que a dor que eu venha a sentir.

Cubra-me com TUA PAZ, que minha cirurgia seja perfeita,

Que minha recuperação seja total e que eu não tenha seqüelas.

Que este momento seja sublime, que eu me realize .

Sei que estarás comigo, sei que atenderás minhas orações, por isso te agradeço SENHOR!

Amém!

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Retorno dos 8 meses

Hoje tive retorno com Dr. Lucas Schmitz. Já faz 8 meses que fiz a cirurgia, como passa né?
Estou pesando 57 kg, eliminados 50,3 kg e meu IMC agora é 20,2 suuuuuuuper normal!
Depois de um mega susto semana passada onde senti uma dor muito forte de meio dia, no estômago. Fui levada de ambulância para o Hospital e só acalmou a dor depois de tomar morfina. Mas não foi achado nada. Fiz meus exames de rotina e Dr. Lucas diagnosticou carência de vitamina B12. Terei que tomar injeção de Citonerim 5000 1 por mês durante 3 meses e a minha vitamina BARIVIT que eu tomava 1 às 10h e outra às 22h terei que tomá-las juntas.
Os demais resultados todos normais. Ele questionou se estava tomando a vitamina direitinho, pois a carência de vitamina b12 dá-se a cirurgia bariátrica se não suplementada, mas estou sim... Agora é repor para não dar problemas mais sérios.
Terei que fazer um ultrassom para verificar o estômago e tentar descobrir porque deu essa dor forte.
No mais está tudo muito bem. Estou super feliz, minhas roupas mesmo menores estão grandes Hahahahahahaha haja ajustes...
E no próximo post vou falar sobre a vitamina B12 no pós bariátrica.